Justiça proíbe emissora de repetir ofensas ao prefeito

Por decisão do Juiz da 4ª Vara Cível da Comarca de Uberlândia, a Rede Vitoriosa, rádio e TV, estão proibidas de repetir ofensas ao Prefeito Odelmo Leão.

Nos últimos dias, a emissora (que sempre agiu de forma abusiva em face do Prefeito Odelmo Leão) iniciou um clico de matérias que, ao contrário de buscar informar a população, tinham claro objetivo de ridicularizar e debochar da vida pessoal de Odelmo Leão.

Assim, o Escritório buscou tutela do Poder Judiciário para que fosse vedada a repetição das ofensas praticadas pela emissora.

Na decisão, proferida pelo Juiz Walner Barbosa Milward de Azevedo ficou consignado que “evidenciado o tom pejorativo e propósito zombador relacionados à imagem do autor nas exibições ocorridas, entendo que a Proteção Constitucional à Liberdade de Imprensa, em seu conceito axiológico, não se enquadra ao feito, até porque o limite externo de referida liberdade é que esta não atinja outros direitos de igual hierarquia constitucional”.

Para o Magistrado, “a imagem exibida do autor tem conteúdo de deboche, ridicularizando uma pessoa pública”, sobretudo pelo fato de ser “pessoa pública que há décadas se destaca no meio político”. Por essas razões determinou que a emissora “proceda à retirada de circulação, do material relacionado ao autor, de todos os veículos de comunicação sobre os quais tem controle, seja online ou televisivo”.

Fonte: Ribeiro Silva Advogados Associados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *