Rede Minas completa 35 anos no ar

A Rede Minas está completando 35 anos. A história da emissora começa com o então governador Tancredo Neves, que criou, em 14 de agosto de 1984, a primeira emissora pública de Minas Gerais. Sua primeira transmissão foi realizada em 8 de dezembro do mesmo ano. Em comemoração, a Rede Minas dá início a diversas ações que vão marcar, ainda mais, o seu lugar na vida dos mineiros.

Desde terça-feira, 16/07, o público confere, nos intervalos da programação, uma peça especial, que durante todo o ano vai ser exibida na TV. A marca foi criada pensando na diversidade do estado, rico não só em montanhas, mas na cultura e no patrimônio histórico que abriga.

São mais de dez imagens que remetem às suas riquezas, acompanhadas pelo selo “Rede Minas – Seu lugar. Seu mundo.”, com trilha musical composta por Bruno Medeiros e Ronaldo Gino, integrantes da antiga banda Virna Lisi. Em várias versões, os músicos deram o tom, marcado pela melodia de diversos instrumentos. A peça também vai ser exibida no site e nas redes sociais da emissora.

A Rede Minas conta com mais de 15 produtos, entre programas e jornais. E ainda exibe séries e especiais que abordam cultura, turismo, notícia, esportes e outras variedades. Além disso, a TV mantém parcerias com emissoras do interior do estado, a alemã Deutsche Welle, com os programas “Futurando” e “Camarote.21”; Tribunal de Justiça de Minas, com o Justiça em Questão; Emater; Minas Rural; além das emissoras públicas TV Cultura e TV Brasil.

“Rede Minas Memória”

Na quinta-feira, 18/07, foi lançado o portal “Rede Minas Memória”. Na página, a história de Minas se mistura à história da TV, permitindo uma viagem no tempo. Personalidades, fatos, ações culturais e os municípios mineiros registrados vão estar disponíveis ao público.

A plataforma, lançada com 35 vídeos, homenageia os 35 anos da era analógica da emissora, mas será continuamente abastecida com o acervo registrado em cerca de 45 mil horas de material produzido. No site é possível conferir personalidades que, durante esses anos, passaram pela tela da emissora, como Cássia Eller, Moraes Moreira e Toninho Cerezo na seleção brasileira.

O público ainda pode ver momentos curiosos, como a primeira gravação da Rede Minas, feita em 10 de novembro de 1984 e exibida no dia 8 de dezembro desse mesmo ano, quando a emissora foi inaugurada, ou acompanhar a contagem regressiva da abertura da transmissão ao som de “Peixe Vivo” da então chamada “TV Minas Cultural e Educativa”.

A nova plataforma permite o resgate da memória, mas a emissora continua a exibir seu conteúdo recente nos canais da TV e dos programas no YouTube. Para acessar, basta entrar no site da emissora e escolher a categoria.

Audiovisual

A Rede Minas busca fortalecer o mercado audiovisual do estado e do país. Para isso, abre a programação para produções feitas por meio de parcerias. O resultado já pode ser visto na tela, com a exibição de filmes no “Faixa de Cinema” da emissora e da exibição de reportagens e especiais das emissoras parceiras em Minas Gerais.

A estratégia também permite alcançar as produções feitas no universo acadêmico. Para isso, foi lançado o edital “Faixa Universitária”, abrindo espaço para conteúdos nas áreas de turismo, arte, cultura, ciência, tecnologia, educação, meio ambiente, gastronomia e esporte. Os projetos passam por um processo de avaliação. As inscrições vão até o dia 12/8. O edital e outras informações podem ser acessadas no site da Rede Minas: redeminas.tv.

Novidades

A emissora prepara, também, novidades na programação que vão ser lançadas durante o ano, entre séries e especiais, além de novos programas ainda este mês. “O público tem seu mundo na Rede Minas, o mundo dos mineiros, que carrega uma rica pluralidade e diversidade estampada na nossa programação”, explica a gerente de Marketing e Comunicação Social, Adriana Barbosa.

Agência Minas Gerais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *