Marco Antonio Villa anuncia saída da Jovem Pan

Após ficar 30 dias afastado de suas funções na Jovem Pan News AM 620 Jovem Pan FM 100.9 de São Paulo, o professor, historiador e comentarista Marco Antonio Villa anunciou que deixou a emissora. A informação foi veiculada no final da tarde desta segunda-feira (24) pelo portal UOL.

De acordo com as informações do portal, Villa disse que não tinha mais condições de voltar a trabalhar na emissora, já que não tinha mais clima após tomar uma “quase punição” da rádio. Villa foi afastado por 30 dias após comentários considerados ofensivos que fez durante o programa Jornal da Manhã do dia 24 de maio

A emissora chegou a dizer, por meio de nota lida ao vivo pelo apresentador Felipe Moura Brasil, que Villa estava de férias. O historiador não confirmou a versão e mostrou um documento que comprovava seu afastamento devido a “readequações internas”.

Com isso, a Jovem Pan divulgou novo comunicado, afirmando que preferiria resolver o assunto internamente, que o governo não exerce nenhuma influência interna na empresa (havia um rumor de que Bolsonaro teria “pedido a cabeça” de Villa) e que o “respeito ao público impõe aos seus comentaristas limites que separam a crítica substantiva da adjetivação grosseira”.

O historiador Marco Antonio Villa estreou na Jovem Pan no dia 6 de janeiro de 2015 para compor a bancada do Jornal da Manhã como comentarista das notícias. Com sua saída, Villa contou que já foi sondado por duas empresas, TV e rádio, mas prefere não se adiantar. “Tenho contatos, tenho conversas”.

Tudo Rádio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *