Rádio Nacional conquista Prêmio de Jornalismo

A série especial “Agrotóxicos: a dor silenciosa das comunidades rurais”, produzida pelas jornalistas da Rádio Nacional, Sumaia Villela e Maria Beatriz de Melo Silva, com sonoplastia de José Maria Machado, venceu a categoria nacional de radiojornalismo do Prêmio MPT de Jornalismo 2018.

Os vencedores foram anunciados em cerimônia realizada na tarde desta terça-feira (5), na sede do Ministério Público do Trabalho em Brasília. A EBC também era finalista na categoria nacional de telejornalismo com a reportagem “Catadores de Sonhos”, de Flavia Peixoto Cardoso de Barros, exibida pelo programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil. Durante a cerimônia, a equipe da TV Brasil recebeu o prêmio pela conquista da categoria regional (Centro-Oeste).

As reportagens veiculadas pela Rádio Nacional narram conflitos relacionados ao uso de agrotóxicos e os impactos dos defensivos agrícolas na saúde dos trabalhadores e das comunidades rurais. Os áudios estão disponíveis para download no site da Radioagência Nacional. Clique aqui para acessá-los.

A premiação do Ministério Público do Trabalho reconhece conteúdos jornalísticos que revelam irregularidades contra os trabalhadores brasileiros e tem o objetivo de informar o público sobre a proteção e a defesa dos direitos do trabalhador. Os conteúdos veiculados pelas emissoras da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) conquistaram a etapa regional do Prêmio MPT de Jornalismo 2018 e, por isso, eram finalistas da etapa nacional.

A repórter Sumaia Vilela conta que o trabalho de equipe do Radiojornalismo da EBC foi um dos motivadores para a produção da série. De acordo com ela, a ideia de pesquisar sobre o tema surgiu quando uma colega compartilhou informações sobre a contaminação do leite materno por agrotóxicos.

EBC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *