Frequência irregular afeta Rádio Metropolitana

Uma transmissão irregular de rádio iniciou-se na última quinta-feira, 30 de agosto, em antena instalada na torre do Grupo Bandeirantes.

Posicionado na frequência 98.5, este sinal tem impactado diretamente no alcance da Rádio Metropolitana, a preferida pelos jovens, e que é responsável legalmente pela frequência nesta estação.

A transmissão foi identificada pela equipe de engenheiros da Metropolitana, que no processo para medição de campo de sinal localizaram a frequência oriunda da Rua Minas Gerais, no bairro Higienópolis.

Esta não é a primeira vez que são utilizados artifícios ilegítimos para atingir uma audiência já consolidada pela Metropolitana. Em abril de 2016, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) lacrou um transmissor após três dias, mas o fato vem a se repetir, ocasionando bagunça generalizada na frequência e fazendo com o que o público ouça duas músicas ao mesmo tempo.

Em nota, o Grupo Bandeirantes de Comunicação alegou ter alugado o espaço para terceiros, não tendo quaisquer responsabilidades com a transmissão irregular.

A Rádio Metropolitana, atualizando as informações já fornecidas à imprensa e divulgadas em seus canais online, afirma que tomará todas as medidas cabíveis e reforça a importância de posicionar seus ouvintes de forma transparente e correta.

A Metropolitana também lamenta os equívocos de interpretação ocasionados em nota anterior, que induziram numa errônea ligação entre o Grupo Bandeirantes e o canal ilegal.

Em breve, o sinal estará novamente por toda cidade de São Paulo. Para quem estiver com dificuldade de recepção, pode ouvir a programação completa no site metropolitanafm.com.br/ao-vivo ou baixar o aplicativo na Apple Store ou Google Play.

Rafael Martins
MISASI RELAÇÕES PÚBLICAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *