Coluna UCVB: Turismo acessível e inclusivo

AEROPORTOS DE MINAS NO RAKING DE PASSAGEIROS

As movimentações de passageiros nos aeroportos do estado bateram recordes em 2017. Segundo os dados do Observatório do Turismo de Minas Gerais, divulgados pela Infraero e BH Airport, o fluxo de usuários aumentou 11,8 milhões. A nossa querida Uberlândia atingiu a marca de 1,1 milhões de passageiros em 2017, o crescimento foi de 5% em relação ao ano passado. Para saber mais acesse: https://www.observatorioturismo.mg.gov.br/movimentacao-dos-aeroportos

A DESBUROCRATIZAÇÃO DOS VOOS FRETADOS

A nova regulamentação para voos fretados, que passa a valer a partir do dia 25 de março, pode inserir 10 milhões de brasileiros no mercado de viagens e favorece o turismo no Brasil. O anúncio feito pelo diretor-presidente da Anac, Ricardo Botelho, beneficia as pessoas que moram em cidades não atendidas pela malha aérea convencional. A medida simplifica a contratação feita pelas agências e operadoras de viagem.

O TURISMO É ACESSÍVEL E INCLUSIVO PARA TODOS

Foi aprovado no início do mês a nova regulamentação da Lei Brasileira de Inclusão (LBI) para hotéis e pousadas do país. As mudanças são propostas em três categorias diferentes, sendo que a primeira e a segunda devem possuir 10% da sua capacidade total adaptadas para portadores de deficiência no prazo de 4 anos. A terceira categoria refere-se as novas construções que devem dispor de 5% de dormitórios construídos segundo as normas técnicas de acessibilidade da ABNT, e os outros 95% devem possuir de recursos de acessibilidade. Para saber mais acesse: http://www.turismo.gov.br/%C3%BAltimas-not%C3%ADcias/10836-lei-brasileira-de-inclus%C3%A3o-%C3%A9-regulamentada.html

TECNOLOGIA IMPULSIONA SEGMENTO HOTELEIRO

O crescente interesse dos hotéis e pousadas por soluções tecnológicas movimentam o mercado e agrega valor aos usuários. Segundo o Fórum de Operações Hoteleiros do Brasil (FOHB) o setor tem o potencial de investimento de aproximadamente R$12,8 bilhões no período de quatro anos (2016 a 2020). Os principais produtos procurados são: segurança, internet e otimização de serviços.

Fonte: Ares Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *